Skip to main content

Monitoramento de vendas: a solução para aumentar os resultados da sua empresa

Independente do tamanho ou do setor, qualquer empresa que pretenda crescer precisa ter um bom desempenho em vendas.  Para alcançar este objetivo, no entanto, não basta estabelecer uma meta e esperar que, em um passe de mágica, todos os números projetados se tornem realidade.

Vender é uma atividade complexa que exige disciplina, resiliência e muita motivação. E por se tratar de uma relação com trocas reais entre dois lados, está sujeita a erros e acertos. Uma abordagem equivocada pode prejudicar a concretização de um negócio, assim como uma certeira aumenta substancialmente as chances de sucesso.

E não é apenas a abordagem que está sujeita a erros e acertos, a estratégia de vendas em si, a definição do público-alvo, as ações sendo empreendidas e até mesmo coisas que não se referem necessariamente a vendas, mas influenciam os seus resultados, como, a qualidade dos produtos e serviços ofertados, precisam ser constantemente aprimoradas.

O monitoramento de vendas é extremamente importante para garantir um bom desempenho e alavancar o crescimento da empresa. Confira, a seguir, alguns motivos para monitorar as atividades do setor.

#1 Avaliar o desempenho das ações empreendidas

É bastante comum, ao longo dos anos, empresas irem criando ações para atrair o público e aumentar as vendas. Promoções de final de ano, cross sellings, lançamento de um produto novo para atingir um público-alvo diferente, um produto ou serviço especial para datas comemorativas, como dia dos namorados, das crianças, diferentes campanhas de marketing, etc.

Mas quais dessas ações realmente trazem resultados para a empresa? Muitos gestores não poderiam responder a essa pergunta, porque não fazem o monitoramento de vendas, dos resultados das ações da empresa e o seu impacto efetivo no faturamento. Considerando este contexto, a falta de monitoramento  de vendas costuma levar as empresas a cometerem dois erros: repetir ações apesar do seu baixo desempenho e não retomar aquelas cujos resultados foram satisfatórios.

#2 Definir com precisão o cliente ideal

As pesquisas sobre o público-alvo certamente vão indicar para um determinado perfil que, mais provavelmente, se interessará pelo produto ou serviço que sua empresa oferece. Mas para saber qual é cliente ideal para a sua empresa é preciso olhar para as vendas.

O cliente ideal é aquele que se sente satisfeito com a aquisição do produto, que compra mais, é fiel, avalia sua empresa positivamente e a recomenda. É só por meio do monitoramento de vendas e do pós-venda que é possível captar, com precisão, quem é esse cliente!

#3 Revisar a estratégia corporativa

Toda empresa possui uma estratégia de negócios. Algumas podem até não ter pensando especificamente nesses termos, mas antes de montar um negócio, todos os empreendedores olham para o mercado e acreditam que seus produtos ou serviços possam interessar um determinado grupo de pessoas.

A estratégia inicialmente pensada, no entanto, pode precisar de alguns ajustes para melhor se adequar à realidade.

Por exemplo: vamos supor que uma loja de roupas de alto padrão tenha sido inaugurada em um bairro de classe média e não esteja conseguindo bater as suas metas. O monitoramento de vendas pode indicar que a empresa ou precisa se deslocar para outro bairro, ou mudar a sua linha de produtos para atender a demanda da região.

Como monitorar as vendas?

Para que seja possível fazer o monitoramento de vendas, o primeiro passo é coletar os dados das mesmas. Embora falar isso pareça elementar, é justamente na coleta dos dados que as empresas enfrentam a maior dificuldade do processo.

Primeiramente, precisa haver um padrão de coleta, caso contrário, não é possível elaborar gráficos e relatórios de análise. Para tanto, é fundamental que se utilize ferramentas adequadas.

O uso de sistemas CRM (Costumer Relationship Manegment ou em português Gestão de Relacionamento com o Cliente) tem se tornado cada vez mais comum nas empresas. Esses sistemas facilitam a aplicação de uma estratégia empresarial que coloca o cliente como foco do negócio.

A partir da coleta de informações valiosas sobre as necessidades dos clientes, as empresas criam estratégias para melhor atendê-los. É importante destacar, no entanto, que os sistemas CRM devem ser simples de utilizar e dinâmicos, de forma a não desencorajar a sua utilização.

A Fieldlink é uma ferramenta que permite a automatização da força de vendas, focando justamente na facilidade do processo. A partir dessa ferramenta o gestor pode acompanhar com precisão o resultado das ações sendo empreendidas, o desempenho de cada vendedor, além de ter na mão relatórios importantes que ajudam a analisar estratégia corporativa. Tudo isso de maneira facilitada e sem burocracias. Se a empresa já possui um CRM, a Fieldlink pode ser integrada a ele.

Saiba mais sobre a Fieldlink!

Faça o vendedor entender a importância do uso do CRM

Por fim, para que os gestores possam melhorar a sua estratégia a fim de aumentar a satisfação dos clientes, é preciso que eles analisem os dados coletados a partir do monitoramento de vendas. 

Deixe claro o quão fundamental é a alimentação desses dados e o uso adequado do CRM para a empresa. Mostre o quanto essa ferramenta pode aumentar o desempenho do trabalho do vendedor e auxiliá-lo a gerenciar a sua carteira de clientes. É fundamental que cada membro da equipe saiba a importância do seu engajamento e comprometimento com o monitoramento das vendas.

E você, como lida com o monitoramento de vendas na sua empresa? Já adota algum software para auxiliar o processo? Escreva pra gente pelos comentários e até a próxima. 

Fabrizio

COO em FieldLink.me