Skip to main content

Descubra como turbinar a geração de leads e sua conversão em vendas

Muito provavelmente, você, alguma vez, já se perguntou sobre como funciona exatamente a interação entre as equipes de marketing e de vendas em busca de um aumento do volume de negócios da sua empresa, certo?

Equipes de marketing e vendas em busca de negócios

O objetivo central de qualquer estratégia de marketing e vendas é a conversão, ou seja, os negócios que a empresa efetivamente fecha. Para que seja possível aumentar a taxa de conversão, existe uma série de estratégias utilizadas pelas equipes de marketing e vendas.

A primeira delas é a geração dos leads, em outras palavras, colocar potenciais clientes em contato com a sua empresa. Despertar o interesse desses potenciais clientes qualificados e conduzi-los através da jornada de compras até a finalização do negócio é um dos principais desafios da equipe de marketing – mas não é o único.

Depois que ele finaliza a sua compra, entra outra importante etapa do processo, a fidelização do cliente. Com a análise de dados, de técnicas de relacionamento e verificação de satisfação, as equipes de vendas e marketing têm a missão de tornar esse cliente fiel à marca, trazendo novas oportunidades de fechamento para a empresa.

Mas como gerar leads? Como fazer a conversão dos leads em clientes? Como tornar o cliente fiel à marca? Vamos trabalhar cada uma destas questões separadamente ao longo deste artigo. Acompanhe. 

A geração de Leads

Para que a sua empresa consiga atrair visitantes e fazer com que eles se tornem leads, é fundamental que ela ofereça conteúdos de qualidade e relevantes para o seu público-alvo.  Existem inúmeras formas de disponibilizar conteúdos e de atrair a atenção do seu cliente em potencial, como:

Blogposts

Uma das ferramentas mais comuns no marketing de conteúdo, os blogposts são poderosas armas para atrair vistas orgânicas para o seu site e aumentar as chances de conversão futuras. É importante ressaltar que é fundamental que o conteúdo dos posts seja de qualidade e que esteja alinhado com as expectativas das suas personas.

E-books

Mais aprofundados do que os conteúdos disponibilizados em blogposts, os E-books permitem que você explore algum assunto que seja de interesse das suas personas. Eles, geralmente, são disponibilizados em uma landing page e, em troca do conteúdo, você pede que o interessado preencha um formulário contendo dados que são relevantes para a sua empresa.

A partir do momento que o usuário preenche dados, como o e-mail, ele se torna um lead.

Webinar

O webinar é um tipo de webconferência na qual o conteúdo é disponibilizado por áudios ou vídeos. É um recurso bastante utilizado atualmente por ter um custo relativamente baixo, e por acabar tendo um toque mais pessoal, que aproxima os clientes da empresa.

Investir em vídeos de qualidade pode fazer uma grande diferença nos resultados alcançados.

Infográfico

Os infográficos têm a vantagem de apresentar os conteúdos por uma mescla de textos e imagens que facilitam a compreensão e tornam a leitura mais dinâmica. Os conteúdos disponibilizados pelos infográficos podem ser ofertados por meio de landing pages ou no formato de blogposts, e costumam gerar um número bem satisfatório de leads.

Existem diversas outros formatos de conteúdo, como Whitepapers, Pesquisas e Estudos de mercado. Independentemente da forma, escolhida é fundamental não perder o foco na qualidade e na relevância do conteúdo, e garantir que ele faça parte de um plano de negócios da empresa.

É importante destacar, ainda, que a geração dos leads ultrapassa as fronteiras do mundo digital sendo possível fazê-la a partir de participação em feiras, fóruns, congressos, etc.

Turbinando a taxa de conversão

Por que, muitas vezes, as empresas conseguem gerar leads, mas não aumentam a sua taxa de conversão nas vendas?

Existe uma série de erros que as empresas cometem, como atrair leads que não são clientes potenciais, não alimentar os leads com conteúdo relevante ou não nutri-los com a frequência adequada – e a maioria desse equívocos começa na definição da persona.

Mapeie corretamente as suas personas

Muitas vezes, as campanhas acabam não sendo tão bem sucedidas por uma questão muito simples: as empresas estão mirando no público errado.

Isso leva à atração de pessoas que não têm potencial de fechar negócios, ou mesmo à criação de conteúdos que não são relevantes para os seus verdadeiros clientes em potencial.

Por essa razão, é fundamental conhecer quais são as personas do seu negócio. Dessa forma, fica muito mais fácil de produzir um conteúdo assertivo que, além de atrair as pessoas certas, vai levar mais facilmente os negócios em potencial para o fechamento.

Além disso, é importante focar na produção de um conteúdo de qualidade, relevante e alinhado com o momento da jornada de compra do seu cliente.

Existem algumas ferramentas que podem ajudar a sua equipe comercial a mapear o cliente, seu estágio na jornada de compras, etc. Além dos relatórios sobre eles, a Fieldlink possui um sistema de sugestão de clientes que vai ajudar a sua equipe comercial a superar a metas! 

A importância da fidelização

Com todas as informações que trouxemos até aqui, uma coisa deve ter ficado bastante clara: conquistar novos clientes não é uma tarefa simples, por isso, uma vez que você teve êxito, é importante que consiga mantê-los por perto.

Se um cliente já fechou um negócio com você uma vez, é provável que se identifique com a sua empresa em alguns pontos e, por isso, é função das equipes de marketing e comercial explorar novas oportunidades.

Com o uso de ferramentas como Big Data, CRM, NPS, BI, é possível gerar dados sobre os clientes que apontam para a direção de novas possibilidades de negócios. Técnicas de vendas como o Upselling e o Crosselling se tornam muito mais eficientes após a análise dos dados! Afinal, por que se contentar com apenas uma conversão quando cada cliente representa um universo de possibilidades? 

No fim das contas, a taxa de conversão é a principal métrica a ser analisada e todas as ações desenvolvidas dentro da estratégia de vendas devem tê-la como norte. Sem conversão não existe lucro ou a possibilidade de crescimento sustentável para as empresas.

Conheça as ferramentas que a FieldLink tem para acelerar a conversão de leads e até a próxima. 

 

Fabrizio

COO em FieldLink.me

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *