Skip to main content

Por que é importante motivar o time interno?

Crises econômicas, mercados altamente competitivos, recursos limitados. Essa é a dura realidade que a maioria das empresas tem enfrentado nos últimos tempos. Por essas e outras razões, a otimização de recursos é um tema que faz parte da agenda dos empresários e gestores atualmente.

Mas como superar esses desafios? Como tornar as equipes mais eficientes e produtivas? Como diminuir o índice de retrabalho e de turnover? A resposta pode estar na estratégia de motivar o time interno.

Por que é importante motivar o time interno?

A motivação é, inquestionavelmente, um dos elementos-chave para potencializar o desempenho e os resultados de qualquer equipe. Dentre os motivos pelos quais é tão importante manter o seu time interno motivado, destacam-se:

Aumento de produtividade

Um indivíduo motivado tende a produzir mais e melhor. Pense, por exemplo, que você está querendo comprar um celular e, ao entrar em uma loja, se depara com um vendedor feliz, que lhe mostra, com boa vontade, todos os modelos disponíveis, e que não mede esforços para explicar as funcionalidades, vantagens e desvantagens de cada aparelho, etc.

Agora, imagine se deparar com vendedor trabalhando com má vontade, sem paciência para explicar as diferenças entre os modelos. Qual você acredita que tem maiores chances de conquistar bons resultados?

O mesmo acontece no setor produtivo, financeiro e de recursos humanos. Quanto mais o indivíduo se identificar com o que faz e se sentir motivado a dar o melhor de si, maior será o seu desempenho e a sua produtividade.

Diminuição do índice de retrabalho

Quando os indivíduos trabalham desmotivados, é comum que não deem o melhor de si e que o nível de concentração seja comprometido, o que pode acabar resultando em um alto índice de retrabalho.

Por isso, motivar o time interno pode ajudar a manter os membros da sua equipe interna focados em suas atividades, evitando falhas.

Diminuição do índice de turnover

Uma dos assuntos que mais preocupa os gestores atualmente é o alto índice de turnover na maioria das empresas. A constante entrada de novos colaboradores significa altos custos com recrutamento e treinamento e perda de produtividade – isso sem contar os custos decorrentes das rescisões contratuais.

Vários motivos podem aumentar o índice de rotatividade de colaboradores nas empresas, como a baixa remuneração, as más condições de trabalho, problemas na gestão de pessoas, um clima organizacional ruim, inadequação ao perfil do cargo, etc.

Fato é que todos esses motivos impactam diretamente no nível de motivação de um indivíduo em relação ao seu trabalho. Por isso, é importante que os gestores identifiquem quais os principais motivos que estão levando à rotatividade do seu negócio e criem estratégias para motivar o time interno.

Tornar as empresas mais competitivas

A concorrência, em praticamente todos os setores, tem ficado cada vez mais acirrada a cada ano que passa. Para conseguir se destacar no mercado, é preciso ter equipes ousadas, criativas e prontas para inovar os produtos e serviços existentes.

Fora isso, a eficiência das equipes deixou de ser um diferencial e se tornou uma questão de sobrevivência.

Você acha que é possível ter times eficientes e inovadores sem que seus membros estejam altamente motivados e engajados com os objetivos da empresa? Difícil, não é mesmo?

Indivíduos que acordam com vontade e motivação para trabalhar têm chances maiores de apresentar melhores resultados.

Como motivar o time interno?

Agora que já falamos sobre a importância de motivar o time interno, preparamos dar algumas dicas de como colocar essa estratégia em prática.

Ofereça uma remuneração justa e que esteja de acordo com os valores que o mercado paga para cada função;

  • Faça com que os membros da sua equipe se sintam valorizados;
  • Crie um sistema de recompensas para os melhores desempenhos
  • Estimule a criação de novas ideias;
  • Estabeleça um plano de carreira no qual fique claro até onde cada membro pode chegar com o seu esforço e dedicação;
  • Busque entender quais são os fatores que motivam cada membro da sua equipe. Quais são seus planos? Seus sonhos? Seus objetivos? Procure alinhar essas aspirações aos objetivos da sua empresa;
  • Crie canais de comunicação eficientes entre gestores e colaboradores;
  • Crie estratégias de edomarketing.

Criando uma estratégia de Endomarketing

Você já ouviu falar em Endomarketing? O conceito é muito simples. O prefixo “endo” significa ação interior ou movimento voltado para dentro, certo? Endomarketing, é, portanto, uma marketing voltado para dentro da empresa.

Da mesma forma que as empresas usam as ferramentas de marketing para conquistar clientes externos, elas podem adotar ferramentas para conquistar os seus clientes internos, ou seja, os seus próprios colaboradores.

Com uma boa estratégia de endomarketing, as organizações conseguem transmitir de forma eficiente os seus valores, sua missão, seus objetivos e, com isso, conquistam, de forma definitiva, os seus colaboradores.

Uma boa estratégia de endomarketing vai motivar o time interno e fazer com que os colaboradores “vistam a camisa” da empresa. E todo mundo sabe que uma equipe engajada e motivada tende a entregar produtos e serviços de melhor qualidade ao cliente externo não é mesmo?

Que tal colocar em prática essas dicas e manter o time interno da sua empresa motivado? Até a próxima. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *